Mostrando postagens com marcador Google Sheets. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Google Sheets. Mostrar todas as postagens

25 de abril de 2022

Como Proteger Páginas e Intervalos no Planilhas Google

 

No Planilhas Google podemos proteger a página ou intervalo de células em uma planilha, para evitar a edição de dados que você não deseja que sejam modificados, ou que sejam editados acidentalmente.

Vamos mostrar como proteger uma página ou intervalo de células de uma planilha e visualizar os intervalos protegidos.

Como acessar a configuração de proteção

1. Abra a planilha, vá para o menu Dados > Proteger páginas e intervalos

2. No painel Páginas e intervalos protegidos, exibido à direita na planilha, clique em Adicionar uma página ou intervalo.


Como proteger um intervalo

1. No painel Página e intervalos protegidos, digite uma descrição para a regra no campo Insira uma descrição

2. Clique na guia Intervalo, selecione o intervalo para proteção e clique em Definir Permissões.


Tipos de permissões

Na janela Permissões de edição do intervalo existem duas opções de permissão. Selecione a mais adequada para sua planilha.

Mostrar um aviso ao editar este intervalo
Essa permissão exibe uma mensagem informando que a pessoa vai editar um campo protegido, mas permite a edição.

Restringir quem pode editar este intervalo
Nessa permissão podemos selecionar quem pode editar o intervalo, se Somente você ou Personalizado, nessa caso podemos inserir o e-mail de outros editores para esse intervalo.


Como visualizar os intervalos protegidos

Para ficar fácil identificar quais células podem ser editadas ou não, podemos exibir no Planilhas Google os intervalos que estão protegidos na planilha

1. Para exibir os intervalos protegidos, vá para o menu Ver > Mostrar > Intervalos protegidos.



Os intervalos protegidos são exibidos com um fundo listrado.

Como proteger página

1. No painel Páginas e intervalos protegidos digite uma descrição para a regra de proteção, no campo Insira uma descrição.

2. Clique na guia Página e selecione na lista suspensa a página para proteger. No caso de proteção de página, podemos selecionar intervalos de células que são exceção ou seja, que podem ser editadas mesmo com a página protegida.

3. Para definir as células de exceção selecione Exceto algumas células e selecione o intervalo.

4. Clique em Definir permissões e configure as permissões na janela Permissões de edição do intervalo.


Como remover a proteção

1. Abra a planilha, vá para o menu Dados > Proteger páginas e intervalos

2. No painel Páginas e intervalos protegidos, selecione a regra de proteção que deseja remover e clique na lixeira ao lado da descrição.


Mas lembre-se que mesmo que a planilha esteja protegida contra edições, ela ainda pode ser impressa, copiada ou exportada.

Leia a seguir

Como Abrir Arquivo CSV no Planilhas Google

10 de janeiro de 2022

Como fazer um calendário personalizado no Planilhas Google


Já pensou em criar um calendário personalizado para organizar alguma atividade que gostaria de deixar separado de um aplicativo de calendário? Com o Planilhas Google você pode criar um calendário personalizado e até mesmo compartilhar com os colegas.

Vamos mostrar como criar um calendário personalizado no Planilhas Google, que você pode usar em qualquer navegador.

Como criar o calendário

1. Abra uma nova planilha.

2. Na primeira célula digite janeiro.

3. Selecione as células da primeira linha da coluna A até a coluna G. Clique em “Merge” para mesclar todas as colunas em uma única coluna e em alinhar o texto no “Centro”. 

4. Agora vamos inserir os dias da semana. Existem duas formas de fazer isso, entrar com os dias manualmente ou usar uma fórmula. 

Vamos usar uma fórmula para fazer o preenchimento automático. Digite a fórmula abaixo na célula da segunda linha na coluna A. Selecione a célula e arraste até a coluna G.

=TEXT(COLUMN();"DDDD") 

Observe que os dias da semana foram preenchidos de forma automática. Lembre-se, você pode fazer esse passo inserindo os dias da semana de forma manual, se preferir.


5. Agora vamos inserir as datas dos dias da semana. Na linha logo abaixo dos dias da semana use o recurso de arrastar e soltar no sentido horizontal, para preencher todas as células com as datas, obedecendo a ordem das datas com os dias da semana. Pule uma linha e repita o procedimento para todas as linhas até completar todos os dias da semana do mês. O calendário deve ficar parecido com o da figura abaixo, para o mês de janeiro de 2022:

6. Selecione as linhas que estão vazias e aumente a altura para ter mais espaço para fazer as anotações. Faça uma formatação na página, para deixar a aparência do calendário mais profissional.

7. Com o mês de janeiro pronto, duplique a planilha de janeiro para criar as planilhas dos meses de fevereiro a dezembro. Para duplicar a planilha, clique na aba da planilha do mês de janeiro e em “Duplicar”.

8. Faça as alterações do nome do mês e das datas do mês.

Com o calendário criado no Planilhas Google você tem um calendário personalizado, que pode editar diretamente no navegador, compartilhar com colegas as tarefas e compromissos e separar calendários por projetos, campanhas de marketing ou eventos.

Leia a seguir:




31 de maio de 2021

Como Criar Tabela Dinâmica no Planilhas Google

Com a tabela dinâmica do Planilhas Google, podemos criar tabelas que fazem totalizações e contagens de dados a partir de outra tabela. Esse recurso é útil para totalizar, contar itens ou fazer várias outras operações matemáticas de forma dinâmica, ou seja, conforme alteramos os dados da tabela de origem, obtemos a atualização da tabela dinâmica automaticamente. Com esse recurso podemos montar relatórios, que são atualizados conforme os dados são inseridos ou alterados na tabela.

Esse post mostra como criar tabela dinâmica usando Planilhas Google, através de dois exemplos, um que faz a totalização de gastos realizados por cliente, e outro que faz a contagem de clientes no período.

A tabela de clientes que será a tabela de origem para a tabela dinâmica, possui uma coluna com a data, nome do cliente e valor total gasto.


A partir desta tabela vamos gerar duas tabelas dinâmicas, a primeira para totalizar o gasto de cada cliente no período de três meses, que é o período de origem das informações, e a segunda para contar o número de vezes que cada cliente fez compras, no mesmo período de três meses.

Durante a criação da tabela dinâmica existe a opção de criar a tabela na mesma página ou em uma nova página. Você pode escolher o que for melhor para o seu caso. Nos exemplos do post vamos colocar em uma nova página, para ficar mais organizado, porque separando os dados de origem da tabela dinâmica, fica mais fácil para visualizar, como se fosse um relatório, e dá mais liberdade para inserir dados na tabela de origem.

Criando a Tabela Dinâmica

Para cria a tabela dinâmica abra a planilha no Planilhas Google, selecione todas as células onde estão os dados, vá até o menu Inserir > Tabela dinâmica. Na janela “Criar tabela dinâmica” observe que o campo “Intervalo de dados” já está preenchido com o intervalo dos dados que você selecionou. 

No campo “Inserir em”, selecione “Nova página”, para criar a tabela dinâmica em uma página nova na planilha, ou “Página existente”, para inserir a tabela dinâmica na página atual. Se optar por essa opção, preencha o campo logo abaixo, com a informação da célula onde quer iniciar a tabela dinâmica. Vamos selecionar a opção “Nova página”.

O Planilhas Google cria uma página nova chamada “Tabela Dinâmica1”, e abre o painel “Editor da tabela dinâmica” do lado direito da página.


No painel “Editor da tabela dinâmica” você pode definir as linhas e colunas de sua tabela dinâmica, preenchendo os campos:

  • Linhas: Este campo define as linhas da tabela dinâmica.
  • Colunas: Este campo define as colunas da tabela dinâmica.
  • Valores: Este campo define qual operação vamos realizar na tabela dinâmica.
  • Filtros: Este campo define a coluna para usar como filtro.

Uma vez criada a tabela dinâmica vazia, podemos agora configurar a tabela, para obter os dados com os cálculos desejados.

Tabela Dinâmica para Totalizar Valores

Para exemplificar como criar a tabela dinâmica para totalizar valores, vamos usar a tabela vazia criada anteriormente e preencher os campos do painel “Editor da tabela dinâmica”:

No campo “Linhas”, clique em “Adicionar” e selecione a coluna “Clientes”.

No campo “Valores”, clique em “Adicionar” e selecione a coluna “Total”. 

No painel “Total”, no campo “Resumir por”, selecione “SUM”. Veja o resultado da tabela dinâmica, a partir dos dados de origem.


Se quiser filtrar os dados da tabela dinâmica preencha o campo “Filtros” no painel “Editor da tabela dinâmica”. 

No campo “Filtro”, clique em “Adicionar” e selecione a coluna que deseja configurar o filtro. Na tabela dinâmica de totalização, selecionamos o campo “Clientes”.

Veja o resultado do filtro que exibe o gasto de três clientes, com a totalização de todos os gastos.


O filtro possui várias configurações onde você pode aprimorar os tipos de filtros. Você pode selecionar filtros por condição ou por valores. Para visualizar todas as opções selecione a lista suspensa “Status”, no painel “Clientes”.


Tabela Dinâmica para Contar Itens

Para exemplificar como criar a tabela dinâmica para contar itens, vamos usar a tabela vazia criada anteriormente e preencher os campos do painel “Editor da tabela dinâmica”:

No campo “Linhas”, clique em “Adicionar” e selecione a coluna “Clientes”.

No campo “Valores”, clique em “Adicionar” e selecione a coluna “Clientes”. 

No painel “Clientes”, no campo “Resumir por”, selecione “COUNTA”. Veja o resultado da tabela dinâmica, a partir dos dados de origem.


Para filtrar os dados, você pode usar o mesmo procedimento usado na tabela dinâmica para totalizar valores.

Com o recurso de criar tabela dinâmica do Planilhas Google, você pode montar relatórios dinâmicos com informações de totalização, contagem e várias outras operações matemáticas, a partir de seus dados, e manter o relatório atualizado, mesmo com alterações nos seus dados de origem.

Leia a seguir