2 de dezembro de 2021

Como reduzir o consumo de CPU do Windows Defender

O Windows Defender é um aplicativo antivírus, utilizado no sistema operacional do Windows, para proteger contra malwares, softwares indesejados e mal-intencionados. Quando ativo ele já possui uma configuração padrão de proteção para o Windows, mas dependendo de como está configurado ele pode usar muito a CPU do computador, em algumas situações chegando a usar 100% da CPU.

Um dos problemas que ocorre com o Windows Defender é a proteção em tempo real, que é responsável por verificar o sistema operacional o tempo todo, e se ele estiver configurado para fazer isso mesmo quando você estiver usando o computador, pode acontecer de elevar o uso da CPU a 100%. 

Vamos ver como configurar o Windows Defender para reduzir o consumo da CPU no computador, através da configuração do Agendador de Tarefas do Windows 10.

Configurando o Windows Defender

Abra a janela do aplicativo “Executar”, usando as teclas Windows + R. Digite na caixa de texto “Abrir” o comando taskschd.msc .


Na janela “Agendador de Tarefas” vá até o painel esquerdo, expanda o item “Biblioteca do Agendador de Tarefas”, selecione Microsoft > Windows > Windows Defender.

A janela “Agendador de Tarefas” exibe a lista de tarefas do Windows Defender no painel indicado com o número 1. Para cada tarefa vamos definir quando executar a tarefa.

  1. Selecione uma tarefa do painel 1, clique no item “Propriedades” localizado no painel 2 à direita.
  2. Na janela “Propriedades de Windows Defender Verification” selecione a aba “Condições”, marque o item “Iniciar a tarefa somente se o computador estiver ocioso há:” e clique no botão “OK”.


Repita os passos 1 e 2 para cada item da lista de tarefas do Windows Defender, indicado no painel 1 da janela do “Agendador de Tarefas”. Feche o aplicativo após configurar todas as tarefas. 

Essa configuração realizada nas tarefas do Windows, reduz o consumo da CPU do computador, durante a varredura do Windows Defender no Windows 10.

Leia a seguir