Como Criar Tabela Dinâmica no Planilhas Google

Com a tabela dinâmica do Planilhas Google, podemos criar tabelas que fazem totalizações e contagens dos dados a partir de outra tabela. Esse recurso é útil para totalizar, contar itens ou fazer várias outras operações matemáticas de forma dinâmica, ou seja, conforme alteramos os dados da tabela de origem, obtemos a atualização da contagem ou totalização na tabela dinâmica automaticamente. Com esse recurso podemos montar relatórios, que são atualizados conforme os dados são inseridos na tabela.

Este post mostra como criar tabela dinâmica usando Planilhas Google, através de dois exemplos, um que faz a totalização de gastos realizados por cliente, e o outro que faz a contagem de clientes no período.

A tabela de clientes que será a tabela de origem para a tabela dinâmica, possui uma coluna com a data, nome do cliente e valor total gasto.


A partir desta tabela vamos gerar duas tabelas dinâmicas, a primeira para totalizar o gasto de cada cliente no período de três meses, que é o período de origem das informações, e a segunda para contar o número de vezes que cada cliente fez compras, no mesmo período de três meses.

Durante a criação da tabela dinâmica existe a opção de criar a tabela na mesma página ou em uma nova página. Você pode escolher o que for melhor para o seu caso. Nos exemplos do post vamos colocar em uma nova página, para ficar mais organizado, porque separando os dados de origem da tabela dinâmica, fica mais fácil para visualizar, como se fosse um relatório, e dá mais liberdade para inserir dados na tabela de origem.

Criando a Tabela Dinâmica

Para cria a tabela dinâmica abra a Planilha Google, selecione todas as células onde estão os dados, vá até o menu Dados > Tabela Dinâmica. Na janela “Criar tabela dinâmica” observe que o campo “Intervalo de dados” já está preenchido com o intervalo dos dados que você selecionou. No campo “Inserir em”, selecione “Nova página”, para criar a tabela dinâmica em uma página nova na planilha, ou “Página existente”, para inserir a tabela dinâmica na página atual, se optar por essa opção, preencha o campo logo abaixo, com a informação da célula onde quer iniciar a tabela dinâmica. Vamos selecionar a opção “Nova página”.

O Planilhas Google cria uma página nova chamada “Tabela Dinâmica1”, e abre o painel “Editor da tabela dinâmica” do lado direito da página.


No painel “Editor da tabela dinâmica” você pode definir as linhas e colunas de sua tabela dinâmica, preenchendo os campos:

  • Linhas: Este campo define as linhas da tabela dinâmica.
  • Colunas: Este campo define as colunas da tabela dinâmica.
  • Valores: Este campo define qual operação vamos realizar na tabela dinâmica.
  • Filtros: Este campo define a coluna para usar como filtro.

Uma vez criada a tabela dinâmica vazia, podemos agora configurar a tabela, para obter os dados com os cálculos desejados.

Tabela Dinâmica para Totalizar Valores

Para exemplificar como criar a tabela dinâmica para totalizar valores, vamos usar a tabela vazia criada anteriormente e preencher os campos do painel “Editor da tabela dinâmica”:

No campo “Linhas”, clique em “Adicionar” e selecione a coluna “Clientes”.

No campo “Valores”, clique em “Adicionar” e selecione a coluna “Total”. No painel “Total”, no campo “Resumir por”, selecione “SUM”. Veja o resultado da tabela dinâmica, a partir dos dados de origem.


Se quiser filtrar os dados da tabela dinâmica preencha o campo “Filtros” no painel “Editor da tabela dinâmica”. No campo “Filtro”, clique em “Adicionar” e selecione a coluna que deseja configurar o filtro. Na tabela dinâmica de totalização, selecionamos o campo “Clientes”.

Veja o resultado do filtro que exibe o gasto de três clientes, com a totalização de todos os gastos.


O filtro possui várias configurações onde você pode aprimorar os tipos de filtros. Você pode selecionar filtros por condição ou por valores. Para visualizar todas as opções selecione a lista suspensa “Status”, no painel “Clientes”.


Tabela Dinâmica para Contar Itens

Para exemplificar como criar a tabela dinâmica para contar itens, vamos usar a tabela vazia criada anteriormente e preencher os campos do painel “Editor da tabela dinâmica”:

No campo “Linhas”, clique em “Adicionar” e selecione a coluna “Clientes”.

No campo “Valores”, clique em “Adicionar” e selecione a coluna “Clientes”. No painel “Clientes”, no campo “Resumir por”, selecione “COUNTA”. Veja o resultado da tabela dinâmica, a partir dos dados de origem.


Para filtrar os dados, você pode usar o mesmo procedimento usado na tabela dinâmica, para totalizar valores.

Com o recurso de criar tabela dinâmica do Planilhas Google, você pode montar relatórios dinâmicos com informações de totalização, contagem e várias outras operações matemáticas, a partir de seus dados, e manter o relatório atualizado, mesmo com alterações nos seus dados de origem.

Como Gerar Dados Geográficos no Excel

No Excel você pode gerar uma tabela com dados geográficos usando a ferramenta de conversão de tipos de dados do próprio Excel. As informações são obtidas de uma fonte de dados online, dessa forma você vai obter dados atualizados, por exemplo, de área, fusos horários, latitude, longitude, população.

Veja neste post um exemplo de uso de dados geográficos, através da geração de uma tabela com algumas Localidades do Brasil, contendo os dados geográficos de cada Localidade. A única informação que você precisa inserir é o nome da Localidade, a partir daí podemos obter as demais informações geográficas.

Vou partir de uma tabela com o nome das Localidades e as colunas Área, Latitude, Longitude e População.


Gerando Dados Geográficos

Na planilha com a tabela de Localidades, selecione todas as Localidades, vá para a guia “Dados”, clique em “Geografia”, no grupo “Tipo de Dados”. Se o tipo de dados “Geografia” não estiver visível, clique na seta “Mais” para ver mais opções.


Após o Excel converter o nome das Localidades em tipo Geografia, você vai ver um ícone do lado esquerdo do nome da Localidade (1), e quando clicar na Localidade vai ver o botão “Adicionar Coluna” (2).

Com todas as Localidades selecionadas, clique no botão “Adicionar Coluna”, e selecione o dado que deseja inserir, por exemplo, Área. Como todas as Localidades estão selecionadas, o Excel preenche a informação em todas as Localidades. Para cada dado que deseja inserir, repita o mesmo procedimento. Veja o resultado da tabela formatada, com os dados preenchidos.

Como os dados são vinculados de fontes da internet, pode acontecer do Excel não conseguir obter todos os dados, como é o caso da Localidade de Minas Gerais, que não tem as informações de latitude e longitude. Isso pode acontecer por alguns motivos como, o campo referenciado ser protegido por atribuição, estar em um formato que o Excel não conseguiu ler ou o campo referenciado não se aplica ao tipo de dados. No caso da tabela, o Excel usou no momento da conversão os dados da Cidade de São Paulo, da Cidade do Rio de Janeiro e do Estado de Minas Gerais

A quantidade de dados disponíveis pode variar, de acordo com o dado de origem. Se utilizar por exemplo País, ao invés de Estado ou Cidade, o Excel exibe uma lista bem maior de dados disponíveis.


Além dos dados existem também imagens. Veja a imagem para a Cidade de São Paulo.


No momento de fazer a conversão do tipo de dados, o Excel faz uma busca na internet para procurar informações sobre o dado. Se você selecionar somente uma linha da Localidade, o Excel pode exibir a janela Seletor de Dados. Por exemplo, para a Localidade de São Paulo, o Excel vai exibir a janela “Seletor de Dados”, com opções referentes a palavra São Paulo. Você deve escolher qual dos resultados corresponde a sua pesquisa. No exemplo abaixo a diferença é que na primeira opção são as informações da Cidade de São Paulo, e na segunda são as informações do Estado de São Paulo.


Com a conversão de tipo de dados do Excel, fica fácil preencher dados geográficos de informações tipo cidade, estado ou país. Além do tipo de dados geográfico, o Excel também possui outros tipos de conversão de dados. Alguns estão disponíveis somente com a assinatura do Microsoft 365. Você pode ver todas as opções disponíveis, acessando a guia “Dados”, no grupo “Tipo de Dados”.