Qual a Aplicação da Internet das Coisas

Photo by Ian Baldwin on Unsplash


A internet das coisas está relacionada com a comunicação entre dispositivos do dia a dia com a internet. Os dispositivos são capazes de enviar e receber dados da internet e faz parte da evolução que aconteceu com a web.

A geração exponencial de dados vem acontecendo há um bom tempo devido a inserção de dados de todos os tipos como mensagens, fotos, vídeos e rede social. Além da geração de dados criada basicamente pelas pessoas, temos agora a geração de dados criada por máquinas, ou seja, o aparecimento da Internet das Coisas (IoT – sigla em inglês).

Hoje existem diversos equipamentos e objetos com a capacidade de gerar e transmitir dados usando a internet, temos os celulares, relógios, TVs, equipamentos médicos, além do surgimento da Indústria 4.0, entre outros.

Estes objetos usam sensores para captar informações e transmitem os dados para outros objetos por exemplo, um termostato em uma casa que transmite a informação da temperatura ambiente para um celular, ou um sensor que mede a produtividade em uma indústria e transmite as informações para os servidores de modo a fazer uma análise posterior dos dados.

Quase qualquer objeto pode se transformar em um objeto “inteligente” se incluirmos a capacidade de se comunicar com outros objetos, esta é a parte mais importante da Internet das Coisas, a comunicação de máquina a máquina sem a intervenção de um ser humano. Ainda usando o exemplo do termostato ele pode se conectar ao seu celular e ajustar a temperatura da residência de acordo com a sua preferência, que já foi configurada anteriormente no aplicativo do celular.

Mas não é somente a comunicação com o celular, vários outros dispositivos usam a internet das coisas em diversas áreas como por exemplo, nos negócios, nas fábricas, nos dispositivos médicos, nos aparelhos que usamos em casa, como na Smart TV, e nos carros, só citando algumas utilizações.

Como a Internet das Coisas Auxilia nos Negócios

A Internet da Coisas não precisa necessariamente ser utilizada somente nos dispositivos novos, ela pode ser adaptada em dispositivos mais antigos, simplesmente inserindo sensores e componentes de comunicação.

Com a internet das coisas as empresas podem analisar vários dados como por exemplo, o comportamento dos consumidores e o desempenho das máquinas. Os negócios e as empresas podem se beneficiar da Internet das Coisas da seguinte forma:

  • Entendendo melhor o consumidor. Com os dados obtidos dos sensores dos dispositivos, as empresas podem entender como os dispositivos são usados, quais as funções são mais populares.
  • Desenvolvendo um produto melhor. Com as informações obtidas nos dispositivos, as empresas podem melhorar o produto baseada na real necessidade do cliente, e tomar decisões mais acertadas para o futuro do produto.
  • Otimizando as operações. As empresas podem usar as informações para melhorar os serviços. Por exemplo o Waze usa as informações do tráfego para escolher as melhores rotas.
  • Criando uma fonte de renda. Com as informações dos sensores, as empresas podem desenvolver novos produtos a partir das informações obtidas na utilização do produto atual. Sem essa informação seria difícil que a empresa enxergasse novos negócios, em áreas que talvez nem soubesse da existência da necessidade.

O grande papel da Internet das Coisas não é somente a melhora do desempenho operacional, mas sim poder melhorar o dia a dia das pessoas. O importante não são somente os dispositivos inteligentes, mas também os sensores que estão incorporados nesses dispositivos. As informações obtidas pelos sensores são enviadas para a Nuvem e auxiliam as empresas no entendimento de como os produtos são utilizados, enviam informações de diagnósticos, e do que o cliente pode desejar de funcionalidades futuras no dispositivo.