Como Funciona o QrCode

A palavra QrCode (Quick response Code) significa código de resposta rápida. O QrCode é um código de barras com duas dimensões que pode exibir mais de 4000 caracteres alfanuméricos. Podemos citar como exemplos de uso, endereço de site, informações de contato, dados de fabricação de peças, identificação de produtos. A palavra QrCode é marca registrada da Denso Wave Incorporated.

História do QrCode

O desenvolvimento do QrCode iniciou-se através da necessidade de armazenar uma quantidade maior de informações comparado com os tradicionais códigos de barras, que é algo em torno de 20 caracteres alfanuméricos.

O comércio no Japão precisava de uma forma de armazenar mais informações usando os caracteres Kanji e Kana, além dos caracteres alfanuméricos. Os usuários de código de barras buscaram ajuda na Denso Corporation, que desenvolvia na época leitor de código de barras.

O chefe de desenvolvimento Masahiro Hara decidiu que deveria usar o código com duas dimensões 2D, a fim de armazenar a maior quantidade possível de caracteres, com informações armazenadas horizontal e verticalmente, ao invés de somente horizontal, como os códigos de barras tradicionais. Mas ele tinha um problema, o código deveria ser lido da forma mais rápida possível.

Para resolver esse problema a equipe que era formada somente por duas pessoas, decidiu inserir um padrão de posicionamento, que são aqueles três quadrados nas bordas do QrCode.

Esse padrão de posicionamento além de aumentar a rapidez na leitura, também permite ler o código em qualquer posição em um ângulo de 360o, para isso basta que o leitor de código identifique os quadrados de posicionamento. A ideia de usar os quadrados veio de uma pesquisa do tipo de padrão menos comum, que aparecia em imagens de propagandas de produtos, revistas, embalagens, catálogos, panfletos e várias formatos similares.

Após um ano e meio, enquanto as outras empresas ainda estavam pesquisando como colocar o maior número possível de informação no QrCode, eles tinham um QrCode com capacidade de armazenar mais de 7000 caracteres numéricos, incluindo os caracteres Kanji, com uma velocidade de leitura do código dez vezes mais rápida do que as outras empresas.

A Denso Wave lançou o QrCode em 1994 em domínio público, onde começou a ser usado em indústrias automobilísticas no processo Kanban, logo em seguida várias outras indústrias começaram a usar o código, como as de alimentação, farmacêuticas e de lentes de contato, mas o uso se disseminou somente em 2002 com a facilidade do celular em ler QrCode.

Logo as empresas de marketing começaram a usar essa funcionalidade para acessar urls e emitir cupons. Atualmente o QrCode tornou-se indispensável para emitir tickets e passagens aéreas.

Tipos de QrCode

A propagação do QrCode desde a sua liberação até os dias de hoje foi tão grande que podemos dizer que ele é usado em quase tudo, e com o tempo foram desenvolvidos outros formatos de QrCode para atender necessidades específicas como:

- Micro QrCode: Desenvolvido para ser usado em áreas pequenas, cuja principal diferença é que ao invés de possuir três retângulos para posicionamento, possui somente um retângulo de posicionamento.

- iQR Code: Armazena uma quantidade maior de informações no mesmo tamanho de um QrCode tradicional podendo ser usado no formato retangular, o que facilita o uso em objetos cilíndricos, ou para substituir código de barras de uma dimensão, já que pode ter a mesma área e armazenar muito mais informação.

- SQRC: Possui dados públicos e privados, ou seja, é necessário usar um leitor com chave criptografada para ler as informações privadas. Como o SQRC se parece com o QrCode tradicional pode ser usado para evitar falsificações.

- FrameQr: Ao contrário do QrCode tradicional exibi uma imagem dentro do quadro e pode ser colorido, ao invés do padrão preto e branco.

Especificação do QrCode

A capacidade máxima de dados que podem ser armazenados no QrCode depende do tipo de caractere, e os caracteres podem ser misturados. Veja abaixo o número máximo de caracteres de acordo com o tipo.

  • Caractere Numérico: Máximo 7089 caracteres.
  • Caractere Alfanumérico: Máximo 4296 caracteres.
  • Caractere Binário: Máximo 2953 caracteres.
  • Caracter Kanji: Máximo 1817 caracteres.
O QrCode é um quadrado com número igual de linhas e colunas. Existe um número padrão de linhas e colunas que vão de 21 até 177 linhas/colunas que aumentam em passos de 4. Cada configuração é chamada de Versão. As versões funcionam da seguinte forma:
  • Versão 1 tem 21 linhas por 21 colunas e pode armazenar até 25 caracteres alfanuméricos.
  • Versão 2 tem 25 linhas por 25 colunas e pode armazenar até 47 caracteres alfanuméricos.
  • Versão 3 tem 29 linhas por 29 colunas e pode armazenar até 77 caracteres alfanuméricos.
  • Versão 4 tem 33 linhas por 33 colunas e pode armazenar até 114 caracteres alfanuméricos.
  • E assim sucessivamente, até a Versão 40 que tem 177 linhas por 177 colunas e pode armazenar até 4296 caracteres alfanuméricos.
Os bons leitores de QrCode leem até a Versão 40, os dispositivos móveis como celulares podem ler até a versão 4.

O QrCode acabou se transformando em um padrão no fornecimento de informações para todos os tipos de negócios. Uma utilização que está se tornando comum além dos tickets na área de aviação, cupons na área de marketing, informações de produtos em supermercados é o uso em restaurantes para fornecer as informações do cardápio, eliminando a necessidade de usar um cardápio em cada mesa.

Post Relacionado:

Nenhum comentário:

Postar um comentário