Dicas de Ferramentas para Gerenciar Aplicações Android

O Console de Desenvolvedor do Google Play, possui várias ferramentas que permitem fazer um melhor gerenciamento da publicação e distribuição de uma aplicação Android.

Quando é criada uma conta no Google Play, além das informações que devem ser preenchidas para a publicação, também existem algumas ferramentas que podem ser configuradas para melhorar o gerenciamento da aplicação.

A seguir menciono duas ferramentas úteis para o acompanhamento da aplicação, tanto por parte do desenvolvedor, como para outras equipes da empresa como por exemplo, a equipe de marketing, que pode estar acompanhando a opinião dos usuários com relação a utilização da aplicação.

A primeira ferramenta é o Email de Alerta, que pode ser configurado para informar sobre mudanças súbitas nas estatísticas de instalações da aplicação, problemas com a aplicação ou sobre as avaliações que os usuários estão fazendo da aplicação. Para configurar o email de alerta, entre na tela de Configurações do Console de Desenvolvedor no item Preferências de Email e altere a configuração de Alertas.

A segunda ferramenta que vale a pena conferir é a Dicas de Otimização, que pode ser acessada no Console do Desenvolvedor, selecionando-se a aplicação publicada. As Dicas de Otimização possuem informações para melhorar a aplicação tais como, informação de atualizações de bibliotecas como por exemplo, a API do Google Maps.

Além das ferramentas mencionadas, existe também a biblioteca de publicação para o desenvolvedor (Google Play Developer Publishing API), que permite automatizar várias tarefas relacionadas com a produção e distribuição da aplicação. Esta biblioteca possui funcionalidades similares à existente no Console de Desenvolvedor tais como, upload de novas versões da aplicação, lançamento de aplicações em várias fases como versão beta e produção.

A biblioteca de publicação para o desenvolvedor pode ser utilizada para criar a sua própria ferramenta de administração de aplicações publicadas no Google Play. Atualmente a biblioteca possui dois componentes, um para gerenciar as assinaturas e aquisições feitas na própria aplicação (Assinaturas e Aquisições In-App) e  outra para gerenciar as publicações.

Na documentação da biblioteca do Google Play Developer Publishing API, existem exemplos de utilização em várias linguagens de programação, assim como bibliotecas cliente para facilitar a interação com a API, ao invés de utilizar REST API diretamente com HTTP.